Como Funciona uma lâmpada tubular de LED fluorescente

Assistir no Youtube

Por Adriano AoliAtualizado 23/01/2022

Veja Também

Transcrição

Você sabe como funciona uma lâmpada tubular de LED, igual a esta que eu estou usando? Inclusive eu não recomendo que você segure uma lâmpada de LED. Mas você sabe como funciona? Que legal quando eu passo assim!

Se você não sabe, neste vídeo eu vou mostrar para você a diferença de uma lâmpada destas aqui para uma lâmpada convencional fluorescente. O vídeo está imperdível! Você provavelmente já deve ter visto uma lâmpada este tipo aqui em algum lugar. Mas fica a dúvida:

será que é uma lâmpada fluorescente ou será que é uma lâmpada de LED? As lâmpadas fluorescentes funcionam como um gás internamente. Há um gás... Note que deste lado

eu não estou ligando nada. A alimentação é apenas deste lado. Geralmente nós temos que a lâmpada fluorescente normal é alimentada dos dois lados por um reator eletrônico ou um reator magnético convencional. Tem estes dois nomes: ou magnético, ou convencional.

Neste caso aqui, existe um circuito aqui dentro e aqui, não sei se dá para vocês verem, aqui dentro tem uma fita de LED e para alimentar esta fita de LED nós temos um circuito que fica na base, geralmente fica no lado que tem esta etiqueta. Só deste lado nós

devemos colocar a alimentação. Direto na tomada, direto na rede de energia; sem qualquer tipo de outro dispositivo. Basta você colocar na rede elétrica. E, o que esta placa faz?

Analisando um pouco a placa, tirando inclusive o esquema elétrico, deu um pouco de trabalho, eu fiz também algumas medições nesta placa. Esta fita de LED interna é uma fita especial, para esta finalidade. Ela recebe uma alimentação de 60V. Isso mesmo! A alimentação que chega do fio é de 127V  convertida internamente para 60V.

O principal é este circuito integrado que eu estou mostrando agora. Basicamente ele é o cérebro desta plaquinha e ele faz o controle de corrente para os LEDs. Se não houvesse um controle de corrente os LEDs iriam queimar. Independente da tensão que você coloque na entrada desta lâmpada, inclusive esta lâmpada aqui é bivolt, você poderia colocar a na rede de 220V, este circuito integrado faz tudo! Ele é o cérebro do circuito, basicamente falando, se não fosse ele não funcionaria.

Este circuito é tão específico, mas tão específico, que foi desenhado apenas para este tipo de aplicação. Ele foi desenhado para lâmpadas de LED. Não é nada que você vai encontrar em uma loja de eletrônica e vai conseguir comprar este circuito integrado. Esta é a beleza da eletrônica! As coisas estão diminuindo tanto que hoje é colocada a solução completa dentro de um circuito único. Com isso, se uma lâmpada destas queima, você pode jogar no lixo, esquece! Você não vai conseguir arrumar ela! E eu nem recomendo você

ficar fazendo "Jumpers" em LEDs. É arriscado, você pode ter um susto sem necessidade! As lâmpadas custam barato, não tem porque você ficar se aventurando com gambiarra deste tipo em casa. A diferença então basicamente é que esta lâmpada aqui é uma fita de LED disfarçada enquanto as lâmpadas antigas tinham um gás que ficava ionizado aqui dentro através de dois filamentos, precisava de um reator, consumia mais energia. As lâmpadas antigas consumiam, uma lâmpada destes aqui mais ou menos consumia em torno de 20W, esta lâmpada tem 60 centímetros, consumia mais ou menos 20W. Esta (LED) consome apenas 8 Watts; a iluminação dela é muito boa! A cor dela é muito bacana e vale muito a pena você ir trocando. Lembrando que você pode tirar o reator! Você tem que tirar o reator! É ligado direto na rede! Você vai ainda economizar mais energia e vai esquentar menos o ambiente

até porque os reatores eletrônicos (ou não) esquentam um pouquinho. Veja, eu estou segurando esta lâmpada há um bom tempo e ela não esquenta! Sensacional!

Então é isso! Se ficou qualquer dúvida deixe nos comentários! Se não for inscrito se inscreva ainda! Assim que eu puder eu respondo se você deixar algum comentário aqui no canal! Um abraço e até mais!

Descrição

Uma lâmpada de LED tubular funciona da mesma forma que uma lâmpada fluorescente? Seguramente não! Basicamente uma lâmpada tubular de LED é uma fila de LED disfarçada em forma de lâmpada fluorescente.

Há um circuito integrado dentro da lâmpada que funciona como regulador de tensão. Neste modelo que desmontei, a fita de LED interna recebe uma alimentação de 60.0V DC. Um conversor faz todo o trabalho sozinho.

00:00 - Introdução

00:29 - Principais diferenças

01:05 - Fita de LED

01:33 - Análise do funcionamento

02:00 - Controle de Corrente

03:00 - Como consertar

04:05 - Finalização

Seja membro deste canal e ganhe benefícios:

https://www.youtube.com/channel/UC2yQSINKqAzdwQIKYmuhI9g/join

#comofunciona #funcionamento #lampadatubular

@2006 - 2021 - Adriano AOli

Criação de Sites - Criação de Sistemas

Todos os direitos reservados